Apply Assessoria Contábil Ltda.
login: senha:
Home Fale Conosco Torne o site da Apply sua página Inicial


REAJUSTE DE PREÇOS

REAJUSTE DE PREÇOS

 

          De acordo com o pactuado entre nossas empresas, a partir de 31/05/2006, devemos corrigir nossos preços com base na inflação verificada entre 01/05/2005 e 30/04/2006.

 

          Entretanto, tivemos que repassar aos nossos clientes o índice utilizado pela Exactus Software Ltda, titular e detentora dos direitos sobre os softwares que representamos, embasados no que foi exposto a todos os clientes da Rede Nacional no mês de maio.

 

Confome pudemos verificar, como prestadores de serviços, os nossos custos sofreram alterações neste último período, em razão dos aumentos ocorridos nos itens que os compõem, entre os quais: energia elétrica-7,8%, comunicação (telefonia)-8,35%, correios- 6,45%, combustíveis (viagens)- 9,78%, pessoal- 6,50% e alugueis. Todos estes itens tiveram reajustes superiores a 6,35%, sendo que a variação do salário mínimo foi de 16,66%. Por outro lado, antecipamo-nos em redigir o seguinte comentário: embora devêssemos na correção de preços nos pautar pelo IGP-M, foi-nos necessário aplicar a correção pela variação próxima a variação real dos custos implementados em nosso serviço, o qual depende diretamente dos itens acima apresentados: energia elétrica, comunicação, viagens, pessoal e alugueis, pois o IGP-M não pondera as variações das tarifas públicas, como seria necessário, proporcionalmente, aos prestadores de serviços, pois este índice é mais voltado para o comercio atacadista e grandes varejistas, os quais tiveram diminuição nos preços das matérias primas, principalmente os produtos agropecuários.

 

Nos novos contratos já colocamos que o índice de reajuste permanece o IGP-M ou aquele que mais se aproximar da inflação verificada para os prestadores de serviços, item que doravante passa integrar e editar todos os nossos contratos.

 

Acontece que no período em que o IGP-M apresentou variação de 32,95% e a variação do salário mínimo foi de 20,00%, nós somente pudemos repassar um índice menor do que o IGP-M, principalmente para as empresas de contabilidade, que na época argumentaram depender mais da variação do salário mínimo e não suportariam toda a variação do IGP-M ocorrida. Agora acontece o contrario, o IGP-M apresentou um índice menor e o salário mínimo maior, razão pela qual aplicamos um índice apenas capaz de repor a nossa real necessidade de atualização dos custos, sem o que colocaríamos em risco a sobrevivência da empresa e, portanto, da nossa prestação de serviços.

 

Resumidamente, temos a necessidade de corrigir nossos preços após 31 de maio de 2006 pelo índice de 6,35%, sendo que de acordo com a lei, esses preços somente serão reajustados novamentea partir de 31/05/2007.

 

Certos de contar com a atenção de V.Sas. enviamos protestos de estima e consideração, colocando-nos á sua inteira disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários, diretamente pela Central ou através de nossas CAs.

 

Por outro lado ainda, temos a percepção de que nós, empresários, atravessamos uma fase difícil em razão dos juros altos, mas todos somos sujeitos à inflação, que, por pequena que seja, eleva nossos custos.

 

Finalizando, pedimos que Deus abençoe a todas as empresas, pois também nos solidarizamos com elas na busca da sua sobrevivência, procurando prestar-lhes um serviço com qualidade e eficiência.”

 

Exactus Software Ltda                                                    Apply Serviços Contábeis Ltda

Romeu Dematte Jr                                                           Marly Flórido

 

Maio/2006





Apply Serviços Contábeis Ltda.
Praça Belmiro Ribeiro nº5, 2º andar - Vila Mathias - Santos - São Paulo - CEP 11075-210
TEL: (13) 3228-2700 - FAX: (13) 3228-2702 - Email: software@apply.com.br